Promessa (Ofertas Regulares e Sistemáticas)

Estudo da Bíblia

I- O Sistema Proporcional

 

  1. Além do dízimo, o que Deus espera que seja regularmente devolvido a Ele como um ato de honestidade? (Ml 3:8).

"Um homem roubará Deus? Mas tu roubaste-me! ... Nos dízimos e nas _______________ .”

Nota: "Essa questão de dar não é deixada ao impulso. Deus nos deu instrução a esse respeito. Especificou os dízimos e ofertas como sendo a medida de nossa obrigação. E Ele deseja que demos regular e sistematicamente." (Conselhos sobre Mordomia, p. 50 - grifo nosso).

 

  1. Com que regularidade as "primícias" devem ser devolvidas a Deus? (Pv 3:9).

"Honra ao Senhor com os teus bens, e com as primícias de todos os teus _____________ .”

Nota: As primícias (a primeira parte e a melhor parte) foram dadas em reconhecimento das bênçãos de Deus, tantas vezes quanto Deus proveria renda ou aumento. Isso aconteceria depois da colheita, ou depois de uma ovelha começar a produzir cordeiros, por exemplo. Por conseguinte, a regularidade da oferta sistemática é determinada pela regularidade das receitas. Sempre que houver renda, deve haver dízimo e promessa (oferta regular e sistemática).

"Examine cada qual suas rendas com regularidade, pois são todas uma bênção de Deus, e ponha de parte o dízimo como um fundo separado, [...] Depois de ser o dízimo posto à parte, sejam as dádivas e ofertas proporcionais: 'segundo a sua prosperidade'." (Conselhos sobre Mordomia, p. 50 - grifo nosso).

 

  1. Que versículos bíblicos indicam que o Senhor sugere um sistema proporcional de dar por ofertas? (1Co 16:2; Dt 16:17).

"No primeiro dia da semana, cada um de vocês ponha de parte, em casa, conforme a sua prosperidade, ______ , para que se não façam coletas quando eu for.”

"Cada um oferecerá na proporção em que possa dar, segundo a ______________ o Senhor, seu Deus, lhe houver concedido.”

Nota: O sistema indicado por Deus propõe que tanto o dízimo quanto as ofertas devem ser proporcionais à renda. Quando o sistema proporcional é adotado para as ofertas, cada adorador dará uma porcentagem específica de sua renda, ao invés de uma quantidade aleatória de acordo com seus impulsos variáveis. Em contraste com o dízimo (que é sempre 10 por cento), o adorador pode escolher a porcentagem a ser dada como uma oferta regular e sistemática (chamada "Promessa"). Quando esse sistema é adotado, aqueles que prosperam mais darão mais; aqueles que prosperam menos darão menos; enquanto aqueles que não prosperam, que não têm renda, não dão nada, e mesmo assim podem ser considerados fiéis.

Ofertas regulares e sistemáticas (Promessa) são o tipo mais básico de ofertas, mas ofertas especiais ou de livre arbítrio (para projetos sazonais, por exemplo) podem ser dadas além da Promessa.

"No sistema bíblico de dízimos e ofertas, as quantias pagas por várias pessoas certamente variarão muito, visto serem proporcionais às rendas. [...] Mas não é o vulto da dádiva que torna a oferta aceitável a Deus. [...] Não julgue o pobre serem suas dádivas tão pequenas que não sejam dignas de nota. Dêem segundo a sua capacidade, sentindo que são servos de Deus, e que Ele lhes aceitará a oferta." (Conselhos sobre Mordomia, p. 45 - grifo nosso).

 

  1. Tendo em mente o sistema proporcional, qual é a melhor motivação para dar? Devemos dar para sermos abençoados, porque há um chamado ou um bom projeto, porque confiamos no sistema, ou porque já fomos abençoados? (2Co 8:12; Pv 3:9).

"Porque, se há boa vontade, será aceita conforme o que o ______ e não segundo o que ele não tem.”

"Honra ao Senhor com os teus bens e com as primícias de toda a tua ______________ .”

Nota: A melhor motivação para dar uma Promessa (ofertas regulares e sistemáticas) não são as necessidades da igreja, o sofrimento dos necessitados, um sentimento, um impulso ou um pensamento racional. Em vez disso, a melhor motivação deve ser a percepção de que houve uma bênção financeira, uma renda ou um aumento, que foi gerado por Deus.

"Os seguidores de Cristo não devem esperar por apelos missionários emocionantes para despertá-los à ação. Se espiritualmente despertos, ouviriam na renda de cada semana, seja muito ou pouca, a voz de Deus e da consciência com autoridade exigindo os dízimos e ofertas devidas ao Senhor." (Testemunhos para a Igreja, v. 4, p. 474 - grifo nosso).

 

  1. Que proporção ou porcentagem de seus bens Zaqueu prometeu dar aos pobres? (Lc 19:8; pense por que Zaqueu não prometeu uma quantidade em vez de uma proporção).

"Entrementes, Zaqueu se levantou e disse ao Senhor: Senhor, resolvo dar aos pobres ____________ dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, restituo quatro vezes mais.”

           Nota: como um homem inteligente, agora aberto à influência do Espírito Santo, Zaqueu decide adotar a forma mais justa de dar. Ele daria uma porcentagem previamente estabelecida de tudo o que ele teria no momento.

 

  1. Por que Jesus considerou a viúva pobre como a mais generosa de todas, se a quantia que ela deu foi provavelmente uma das mais pequenas naquele dia? (Lc 21:2, 3).

"Viu também certa viúva pobre lançar ali duas pequenas moedas; e disse: Verdadeiramente, vos digo que esta viúva pobre____________ do que todos.’”

           Nota: Jesus não carecia de conhecimento matemático. Parece incontestável na história da viúva pobre que Deus não valoriza a quantidade entregue, mas a proporção do total que é dado.

"Nas balanças do santuário, as dádivas dos pobres [...] não são avaliadas segundo a importância doada, mas de acordo com o amor que inspira o sacrifício. [...] A providência de Deus delineou todo o plano da doação sistemática para o bem do homem." (Conselhos sobre Mordomia, p. 112 - grifo nosso).

 

  1. Qual foi a proporção, ou porcentagem, de seu sustento que ela deu? (Lc 21:4).

"Porque todos estes deram como oferta daquilo que lhes sobrava; esta, porém, da sua pobreza deu ______, todo o seu sustento.”

Escreva aqui a percentagem que ela colocou: _______ %

Nota: Você já estabeleceu uma porcentagem para dar regularmente como Promessa? Essa proporção pode ser igual ao dízimo, menor do que o dízimo ou maior do que ele. Em espírito de oração, pergunte ao Espírito Santo que porcentagem você deve dar nas ofertas de acordo com Seu plano.

A percentagem que prometo devolver a Deus como "Promessa": ____%

Até: _____________ (data)

"Assim ensinou Ele [Jesus] que o valor da oferta é estimado, não pela quantidade, mas pela proporçãoque é dada e pelos motivos que moveram o doador." (Atos dos Apóstolos, p. 190 - grifo nosso).

 

  1. Qual é a promessa para aqueles que não apenas devolvem o que pertence a Deus, mas que O colocam em primeiro lugar? (Mt 6:33).

"Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.”

Mais sobre a "Promessa" aqui: https://stewardship.adventist.org/promise-offerings

 

 

 

Marcos Bomfim