By Roberto Herrera

No que diz respeito aos Ministérios da Mordomia da Divisão Interamericana, o quinquênio de 2015-2020 será lembrado como desafiador, inovador e abençoado com grande crescimento.

Foi desafiador porque o nosso território enfrentou, nestes últimos cinco anos, situações sociais, políticas, instabilidade econômica e catástrofes naturais que afetaram consideravelmente o nosso território. Embora estas situações estejam fora do controle daquilo que podemos fazer como igreja, não podemos como organização fugir ao fato de que os nossos membros vivem e são afetados por estas realidades. Como tal, as consequências afetam a igreja e a sua missão.

Contudo, em meio aos desafios surgem oportunidades—e as oportunidades podem transformar os desafios em bênçãos, cumprindo assim o que escreveu Ellen G. White: “Deus dá oportunidades; o êxito depende do uso que delas se fizer” (Profetas e Reis, p. 247).

Em meio aos desafios que surgiram, a Inter-América tem respondido com fé singela—confiando no futuro da igreja e no plano de Deus para esta—com oração e trabalho diligente, mas também com inovação e criatividade. Quanto mais desafios são enfrentados pelas pessoas que lideramos, mais tentamos, com a ajuda de Deus, ser uma igreja focada nas pessoas. Quanto mais tentamos entender isto, mais aqueles que servem nos diversos ministérios da igreja percebem que a nossa responsabilidade principal é cuidar das pessoas.

É por isso que durante este quinquênio passado tentámos dedicar-nos a ajudar os membros da igreja a crescerem espiritualmente e a organizarmos as nossas quase 23,000 congregações para que isto possa ser alcançado. Durante estes últimos cinco anos, os Ministérios da Mordomia mobilizaram pessoas dedicadas, generosas e fervorosas a influenciarem cada membro e família da igreja de forma positiva.

A inovação tem sido constatada na nossa visão para este quinquênio, a qual tem tido três vertentes principais de trabalho:

  1. Fortalecer o cuidado espiritual que os nossos membros recebem.
  2. Melhorar o papel dos pastores em questões de mordomia na igreja local.
  3. Estabelecer um sistema financeiro sólido em todo o nosso território.

A inovação tem sido igualmente refletida nos materiais que têm sido preparados e disponibilizados gratuitamente às igrejas. Entre estes, desejamos destacar os seguintes:

  1. That They Know You (Para que Te Conheçam) —um curso de 13 lições para estudo de algumas das qualidades ou atributos maravilhosos de Deus, no contexto da mordomia bíblica.
  2. Being Prosperous in Everything (Sendo Prósperos em Tudo) —um curso de 13 lições sobre finanças familiares.
  3. Pastor, So That You Fulfill Your Ministry (Pastor, Para que cumpra o Seu Ministério) —materiais especiais para pastores e anciãos que os ajudam a refletirem sobre o seu papel no contexto do ministério de mordomia na igreja.
  4. The Church, Its Finances, and the Mission (A Igreja, Suas Finanças e a Missão) —um curso de 13 lições que promovem o conhecimento de como a igreja obtém, administra e investe os seus recursos financeiros.
  5. Duas edições especiais das revistas Ancião e Ministério sobre o tema de mordomia Cristã.
  6. Equipped to Succeed (Equipados para o Sucesso)—um curso sobre mordomia para adolescentes.
  7. The Creed of the Triumphant Youth (A Crença da Juventude Triunfante) —para ensinar mordomia aos nossos jovens.

Todos estes materiais têm ajudado a melhorar o nosso foco nos membros da igreja e congregações durante estes cinco anos, permitindo que a mensagem alcance os locais onde ocorre o crescimento da nossa organização.

Por outro lado, talvez a estratégia mais inovadora que usámos durante este período de cinco anos tenha sido o plano chamado Santa Convocação. É uma iniciativa recomendada pelo Departamento dos Ministérios da Mordomia da Associação Geral, consistindo na localização de áreas em nosso território onde esteja concentrado um número significativo de congregações. Durante oito dias consecutivos juntamos pastores, líderes e pregadores que se comprometem a pregar a Palavra de Deus todas as noites em uma das congregações. Também fazem visitas de apoio espiritual a cada família da congregação. Como resultado, estamos a redescobrir a importância das visitas pastorais e apoio espiritual adequado através da pregação direcionada aos membros da igreja em nossas iniciativas ministeriais.

Por todos os motivos indicados atrás, podemos concluir que este quinquênio, o qual termina em junho de 2020, foi abençoado por Deus. Graças à Sua bênção, os nossos dízimos e ofertas aumentaram. Mas no fim, o aspeto mais importante tem sido a experiência do envolvimento nestas ações, enquanto seguramos na mão do Senhor e somos guiados pelo Espírito Santo. Desta forma, tudo isto se torna um grande privilégio, concedendo-nos a oportunidade de testemunhar a maneira como Deus transforma as vidas daqueles que decidem ser fiéis a Ele e se dedicam à Sua obra. Vemos também congregações espiritualmente reavivadas decidirem cuidar melhor dos seus membros enquanto continuam a buscar outros para o seu redil.

Concluímos com estas palavras memoráveis de Ellen G. White: “Nada temos a recear quanto ao futuro, a não ser que nos esqueçamos do caminho pelo qual Deus nos tem conduzido” (Life Sketches of Ellen G. White, p. 196).

Roberto Herrera

Roberto Herrera é diretor dos Ministérios de Mordomia da Divisão Interamericana.